Saiba o que é Growth Hacking e como fazer

Growth Hacking é uma estratégia de negócios pensada para gerar crescimento em um curto espaço de tempo. O termo foi empregado por Sean Ellis que desenvolveu a técnica para empresas que buscavam encontrar maneiras de alavancar os resultados rapidamente.

A ideia é melhorar o canal de distribuição ou o produto oferecido.

O termo Growth Hacking significa, em uma tradução livre, pensar fora da caixa para gerar crescimento, ou marketing de experimentos. Mas o que isso quer dizer?

Neste artigo, vamos esclarecer todas as suas dúvidas sobre o assunto, então continue acompanhando.

Totalmente focado em resultados, esta metodologia tenta encontrar gatilhos para melhorar a performance da empresa em alguns aspectos, e a maneira de fazer é testando hipóteses. Persistência é o ponto central desta estratégia.

Como funciona?

Para aplicar as estratégias de Growth Hacking é preciso passar por algumas etapas para chegar a concepção da ideia que levará ao rendimento esperado.

O processo se inicia com um Brainstorming de ideias até a seleção daquelas que melhor se encaixam na proposta, e que levarão ao objetivo, seja ele qual for.

Após passar por este processo de seleção, é hora de construir e modelar o experimento.

Nesta etapa, é preciso debater qual será a melhor estratégia a ser aplicada. É neste passo que será decidida a ação.

Mudar a disposição de um elemento no site ou criar um formulário de cadastro para visitantes são exemplos de testes que podem ser aplicados para gerar uma taxa de conversão maior, por exemplo.

Sempre que um teste for feito, é importante mensurar os dados obtidos para usar como fonte de comparação.

Para isso, aplique o teste corretamente para que a alteração dos índices não seja influenciada por fatores externos ao experimento.

Uma maneira de mensurar o desempenho da estratégia é aplicá-la a metade dos visitantes, por exemplo, e deixar a outra metade com a “versão antiga” do projeto.

Desta maneira será possível verificar em qual dos casos obtém-se o melhor resultado.

Growth Hacking dá certo?

Aplicar técnicas de Growth Hacking ajuda sua empresa a se destacar no mercado e desenvolve a competitividade.

Vale reforçar que é preciso saber exatamente quais resultados são almejados e que, por meio de estudos, as estratégias são definidas.

Investir em ações aleatórias sem uma pesquisa e um estudo prévio tende a levar os experimentos ao fracasso.

Por isso, o profissional Growth Hacker deve possuir habilidades técnicas e conhecimento científico para traçar o melhor plano.

É importante também que a empresa persista e tenha paciência para que haja tempo suficiente para que as ações surtam efeito.

Todo o processo deve fazer parte de um plano estratégico em busca do aprimoramento de pontos específicos da empresa, mas para isso é necessário conhecer os processos da marca, seus serviços, produtos e personas.

Deve-se priorizar as demandas e necessidades mais urgentes, pois só após conhecer a fundo é possível elaborar um plano para explorar as brechas e potencializar os resultados sem que se perca o foco.

Assim, será possível aplicar ideias “fora da caixa” para aprimorar e levar sua empresa ao topo deste mercado competitivo, uma vez que o dinamismo e a rotatividade estão cada vez mais presentes.

Se você se interessou por esta metodologia de crescimento, que tal aprender mais sobre como o marketing digital pode ajudar a sua empresa?

Henrique Neto

Jornalista e redator especialista em copywriting e Marketing Digital na Olivas Digital

Publicado em 10/07/2018