Compartilhe

Como manter o meu site atualizado?

Os sites institucionais são ferramentas importantes para gerar visibilidade e aumentar a autoridade da marca no mercado. Contudo, colocar o site no ar é apenas o primeiro passo. É preciso combinar ações que façam com que os usuários cheguem até a sua empresa. E uma dessas ações é manter o site atualizado.

Por isso, nesse artigo vamos falar sobre a importância de atualizar o site da sua empresa e como fazer. Boa leitura!

Por que atualizar o site da minha empresa?

Estima-se que mais de 1,5 bilhão de sites são encontrados pelo Google, que utiliza parâmetros e atributos para ranquear as páginas. Por meio de critérios, como SEO, conteúdo e experiência dos usuários em dispositivos mobile, o mecanismo de busca oferece os resultados mais relevantes.

Além disso, para que os sites apareçam nos primeiros resultados da busca, é fundamental que estejam sempre atualizados. A cada upgrade nos algoritmos, o Google reafirma o compromisso que tem:

Oferecer aos usuários a melhor experiência de navegação.

Manter o seu site atualizado manda uma clara mensagem ao mecanismo de que você se preocupa com os usuários tanto quanto ele. E, de quebra, ganha uma série de vantagens:

– Melhor indexação

– Mais tráfego orgânico

– Diminui o Bounce Rate (Taxa de rejeição)

– Aumenta o Time on page (Tempo na página)

– Traz mais segurança

– Gera confiança e autoridade na audiência

Mas o que fazer para manter o site atualizado?

Como deixar o meu site atualizado?

Agora que já sabemos a importância da atualização, vamos a um passo a passo de como fazer.

1. Atualize as informações periodicamente

Se você entrar na home do seu site agora, vai encontrar as informações mais recentes da empresa? Isso inclui:

1. Informações de contato

2. Endereço

3. Projetos recentes

4. Clientes

5. Serviços

6. Prêmios e certificados

Pesquisa da Blue Fountain mostrou que 81% dos usuários não consideram fazer negócios com empresas cujo site está desatualizado.

Isso acontece porque empresas que não atualizam suas páginas passam a impressão de abandono. Clientes não querem ser deixados de lado, independente do segmento de atuação, ou do mercado.

Aconselhamos que você, ao menos uma vez por ano, revise a descrição dos produtos, serviços e apresentações institucionais. Já os dados de contato, precisam ser atualizados sempre que alterados.

2. Defina as personas e crie um planejamento de conteúdo com temas e frequência de atualização

Lembra que falamos lá no comecinho do texto que o Google se preocupa com a experiência do usuário para exibir um site?

O conteúdo faz parte dos critérios de avaliação do mecanismo, e por isso, é muito importante que você tenha conteúdo de qualidade atualizado em seu site.

Para isso, publique regularmente artigos levando em consideração os princípios do Inbound Marketing para atrair, encantar e converter. Eles devem ser relevantes para sua persona e completos. É recomendável que você faça, pelo menos, duas publicações por mês.

Além disso, você também deve produzir materiais ricos que te ajudarão a capturar mais leads, gerando novas oportunidades de vendas. Os formatos de conteúdo que você pode – e deve – utilizar são:

– Artigos em texto

– Infográficos

– Templates

Vídeos

– E-books

– Audiobooks

  • e muitos outros

Tenha um calendário de conteúdo com dicas, tutoriais e respostas a questões comuns e veja que o desempenho do seu site melhorará significativamente!

Quer aprender tudo sobre o Inbound Marketing? Baixe agora nosso e-book gratuito de Introdução ao Inbound Marketing e saiba mais!

[siteorigin_widget class=”WP_Widget_Custom_HTML”][/siteorigin_widget]

3. Use estratégias de SEO

Combinar conteúdo com SEO (Search Engine Optimization) – em português: otimização para mecanismos de busca – é a lição mais básica do Marketing Digital.

Como o termo já indica, as técnicas de SEO visam melhorar o conteúdo das páginas para entregar a melhor experiência aos usuários.

O Google analisa uma série de critérios e avalia se o que está sendo exibido atinge certo nível de qualidade. Entre os atributos avaliados, os mais importantes são:

1. Links internos e externos

2. Palavras-chave utilizadas ao longo do texto, no título e subtítulos

3. Frases de tamanho adequado

4. Palavras de transição nas sentenças

5. Parágrafos de tamanho adequado

6. Técnicas de copywriting

Portanto, quando for atualizar o seu site, certifique-se que o seu conteúdo esteja otimizado.

4. Envolva as demais áreas da empresa e crie uma rotina

Para que seu site tenha as notícias mais recentes e relevantes, é importante estar atento a tudo o que acontece. Por isso, é fundamental integrar os departamentos e criar um envolvimento entre as áreas.

Assim, é preciso que você:

– Consulte frequentemente a equipe de vendas para saber dos novos clientes

– Fale com a área de produto para saber de novas features e serviços que podem ser disponibilizadas aos clientes

– Alinhe com os sócios da empresa, pelo menos uma vez por ano, qual a visão estratégica para o negócio

Além disso, a equipe de suporte técnico e atendimento ao cliente pode ajudar a identificar as dores comuns de seus clientes, o que pode dar origem a conteúdos de orientação de boas práticas no site e até e-books e treinamentos.

Adote uma rotina em que todos possam “trocar figurinhas”, porque isso mostrará profissionalismo e expertise.

5. Peça feedbacks constante de seus clientes

Qual é a melhor forma de saber se os clientes estão satisfeitos se não perguntando diretamente para eles?

Embora seja algo simples, receber feedbacks dos clientes ajuda a empresa a melhorar os produtos e serviços e, de quebra, é uma ótima forma de fazer novos negócios.

Uma maneira muito efetiva de saber a opinião do público ou mesmo descobrir sobre o que eles querem ler, é utilizar a seção de comentários para sugestões de conteúdo, temas etc. Assim, além de gerar engajamento, você mantém o seu site atualizado com os assuntos de maior interesse e pode atrair mais clientes qualificados.

Também é importante aplicar pesquisa NPS com frequência para corrigir falhas e avaliar os pontos que os seus clientes valorizam.

6. Implemente novos recursos

Se você criou um site para sua empresa há muito tempo, provavelmente deixou de incluir alguns recursos que hoje são fundamentais.

Ferramentas como os chatbots, que automatizam o atendimento, ajudam os usuários a encontrarem informações e a tirarem dúvidas. Eles são importantes para mostrar aos usuários que a sua empresa oferece suporte 24h, além de trazer mais comodidade.

Seguindo essa ideia, o WhatsApp Business é outra ferramenta que está se tornando indispensável. Aproveitando a popularidade do app de mensagens, as empresas o adotaram para facilitar a comunicação com os clientes e disponibilizar um canal de atendimento ativo. A maioria dos grandes sites já o utiliza, e você?

Outro recurso muito requisitado nos sites é a integração com os dispositivos de áudio. Com o crescimento dos assistentes pessoais: Alexa, Siri, Google Assistant etc. se tornou clara a importância de adequar o site para a versão em áudio.

O áudio ajuda os usuários a consumirem o conteúdo com mais praticidade. A tarefa pode ser feita até mesmo em conjunto com outras práticas do cotidiano, como dirigir, cozinhar e caminhar. É um excelente recurso para o seu site!

Agora que você já sabe como manter o seu site atualizado, está na hora de colocar a mão na massa.