Compartilhe

Saiba como a Automação melhora a rotina e os resultados da empresa

Os sistemas de automação de tarefas são ferramentas fundamentais na rotina das empresas no mercado contemporâneo.

Estes sistemas geram mais agilidade nos processos internos, reduzem a mecanização das atividades, aumentam a eficiência dos profissionais e melhoram o rendimento da equipe.

Além disso, eles trazem um sensível retorno financeiro para a instituição, o que é um bônus atraente para a prática.

Depois de saber tudo isso, ficou curioso para entender como essa metodologia funciona? Então continue acompanhando esse post.

[siteorigin_widget class=”WP_Widget_Custom_HTML”][/siteorigin_widget]

Automação dos processos internos

O desenvolvimento de softwares de automação envolve a aplicação de métodos e ferramentas que agilizam os processos no dia a dia da empresa para reduzir cada vez mais a burocratização.

O resultado disso são atividades menos monótonas, funcionários mais envolvidos com os projetos e motivados; aumento da eficiência no cumprimento das obrigações.

Este avanço tecnológico contribui para uma gestão consciente e exige que as empresas se reinventem para acompanhar a transformação do mercado.

Hoje, os funcionários estão cada vez mais interligados por meio de ferramentas de comunicação através da internet. Utilizar mecanismos que possam automatizar as tarefas se tornou fundamental nos escritórios para tornar a rotina o mais produtivamente completa possível.

Além disso, os sistemas de automação permitem a previsibilidade e o mapeamento dos processos, o que pode significar a descoberta de pontos falhos.

Isso gera ainda mais autonomia para a empresa se livrar de erros sistêmicos e abre o caminho para novas ideias e inovações.

Desenvolvimento

Na seara do desenvolvimento, os softwares de automação podem ser construídos a partir das necessidades da sua empresa.

No entanto, eles podem gerar um custo de implementação maior do que o esperado.

Pensando nisso, talvez seja mais vantajoso para a sua empresa a contratação de uma plataforma pronta do que o desenvolvimento de um sistema.

Os API’s (Application Programming Interface) e os SaaS (Software as a Service) podem te ajudar neste quesito.

Os SaaS são sites que utilizam a nuvem para a comunicação, seja para uso interno ou para permitir o acesso aos seus produtos.

Esse modelo de plataforma se popularizou junto ao crescimento da hospedagem de arquivos na nuvem. Eles oferecem serviços online, antes somente possíveis através de programas específicos, devidamente instalados em um computador.

Ou seja, se um site oferece um serviço online que poderia ser feito por um programa, ele é um SaaS.

Para cortar gastos, empresas de pequeno e médio porte costumam distribuir seus programas pela computação em nuvem.

Outra vantagem desse tipo de distribuição é o fato dela aumentar a eficiência e a produtividade do desenvolvedor, assim como melhorar o atendimento ao cliente.

Mas para aderir ao SaaS, é necessário que a empresa adeque o seu servidor para receber um fluxo grande de conexões, tanto quanto melhorar sua segurança para evitar invasões.

Já os API’s são um conjunto de rotinas e padrões de programação para acesso a um aplicativo de software ou plataforma baseado na web.

Ou seja, o API é produzido quando uma empresa que desenvolve um software tem a intenção de que outras empresas desenvolvam novos softwares e produtos a partir do seu serviço.

O exemplo mais notável do segmento é o Google Maps. Os códigos do programa são constantemente “emprestados” por outros softwares que desenvolvem um novo produto e utilizam a ferramenta dentro dele.

Sendo assim, as empresas não precisam desenvolver um sistema completo para o serviço, uma vez que já existem plataformas completas no mercado que facilitam a implementação do recurso a partir da interface desenvolvida por um terceiro.

Portanto, utilizar o que existe do mercado talvez seja mais vantajoso do que construir um sistema completo. O resultado do uso destas duas mecânicas é a redução do tempo de desenvolvimento, otimização dos recursos e diminuição de gastos.

Automação de marketing

O marketing digital é composto por estratégias pensadas para a divulgação de uma marca, serviço ou produto.

No entanto, no ambiente digital, o mercado mostrou que as empresas deveriam passar por uma autocrítica que as permitisse enxergar os próximos passos rumo a competitividade.

Surgiram então os novos conceitos de marketing na internet. O Inbound Marketing, ou marketing de atração, é a metodologia que prioriza os resultados através da obtenção de clientes com técnicas capazes de fazer com que o público encontre aquilo que deseja.

Você já deve estar familiarizado com este conceito, mas o que vamos tratar aqui é sobre uma técnica que pode ser aplicada dentro da metodologia para gerar ainda mais resultados.

Como o público disponível na internet é imenso, novos recursos tiveram que ser implementados para que o alcance da marca se tornasse amplo.

Para isso surgiu a Automação de Marketing.

Com ela, sua empresa consegue atingir uma maior quantidade de clientes ordenadamente e de forma personalizada.

Isto é, esta prática utiliza softwares e programas para agir em larga escala, acionados pelas ações dos clientes (gatilhos), e assim, produzir interação direta com o consumidor, melhorando o relacionamento e as vendas.

Para exemplificar, imagine que sua empresa possua um site visitado por uma quantidade alta de usuários.

Se você aplica técnicas de Inbound Marketing, sabe que é fundamental para gerar leads, implementar formulários de inscrição, seja para o download de um arquivo importante ou para a contratação de um produto.

Essa inscrição torna-se um lead, que será acompanhado pela sua empresa por toda a jornada de compra, desde a educação até a conversão.

Mas para chegar ao estágio mais aguardado pelo departamento de vendas, é necessário que ações sejam adotadas pela empresa que farão com que este potencial cliente torne-se de fato um consumidor.

Para isso, você pode utilizar ferramentas de automação que, entre outras coisas, poderão enviar mensagens personalizadas para este lead com ofertas de interesse.

Percebe agora como o formulário de inscrição é importante para o seu negócio?

É a partir dele que sua empresa obtém informações importantes como o nome, idade, e-mail, ocupação e muitas outras características fundamentais para conhecer o potencial cliente.

Junte isso ao histórico de acesso do usuário ao seu site, e pronto, você saberá quem ele é e seus interesses.

Agora, fundamente um plano de ação personalizado e mostre que sua empresa entende as necessidades dele. A chance de fechar um negócio cresce exponencialmente.

Mas a automação de marketing não se resume apenas ao e-mail marketing para gerar vendas. Se a sua empresa utiliza o recurso somente para este fim, talvez seja hora de repensar sua estratégia.

Isso porque este recurso consegue facilitar toda a rotina da equipe de marketing da empresa.

Com ele é possível fazer a divulgação de materiais, postagem de conteúdo nas redes sociais e mensuração de resultados de campanha.

Além do mais, você consegue criar estratégias de atuação com testes a/b/n e acompanhar a performance de suas campanhas para otimizá-las.

Todas essas ações levam a um contato maior, direto e eficiente com a persona da sua empresa, e, consequentemente, uma geração de leads e oportunidades de venda substancial.

No fim das contas, a automação de marketing ajuda a diminuir os custos das operações, a mecanização das atividades dos profissionais e traz resultados consideráveis para sua empresa.

[siteorigin_widget class=”WP_Widget_Custom_HTML”][/siteorigin_widget]

Automação Financeira

Fazer a automação completa dos processos da sua empresa é uma forma eficiente de gerar mais produtividade e reduzir os custos.

Hoje, existem soluções completas para quem busca a automação financeira para melhorar a rotina administrativa da empresa.

Ao mesmo passo, aderir ao uso dessas ferramentas faz com que os olhos da instituição se voltem para a atividade fim e que os investimentos sejam empregues aos negócios da melhor forma possível.

Para saber mais sobre o assunto, leia nosso artigo e descubra como a automação financeira reduz os custos das operações e melhora a produtividade.

Atendimento

Outro setor fundamental das empresas que precisa de atenção constante é o atendimento. Afinal, clientes que não são bem atendidos, nunca voltam.

Pensando desta maneira, a evolução da tecnologia nos trouxe ao uso de mecanismos inteligentes que melhoraram o contato com o cliente.

A nova tendência de Inteligência Artificial se tornou uma parceira importante na otimização das vendas.

A partir de um sistema programado, é possível ensiná-lo tarefas automatizadas para interagir em tempo real com seus clientes.

São os chamados Chatbots.

Esses sistemas inteligentes interagem na forma de um atendente que simula uma conversa humana em um chat. Assim, é possível automatizar tarefas repetitivas e contatos burocráticos, além de garantir um atendimento mais veloz ao cliente.

A partir de um fluxograma, as empresas programam uma série de mensagens sobre determinados processos, como venda, consulta de pagamentos ou dúvidas frequentes, e cadastra estas mensagens em uma ferramenta que simula a conversa.

Dessa forma, quando você como cliente interage com uma empresa de forma virtual, estará sujeito a respostas mecanizadas preparadas conforme seu interesse.

Isso faz com que o cliente tenha um retorno ativo, e a empresa possa potencializar a ação dos funcionários em tarefas mais urgentes. Todos saem ganhando.

Todo o processo de automação é uma tendência crescente nos escritórios de empresas no mundo inteiro. Reinvente a rotina de seus profissionais e esteja na vanguarda do mercado.