Compartilhe

Você está perdendo dinheiro por não usar o pagamento recorrente

O pagamento recorrente é um modelo de negócio que a longo prazo traz aumento e previsibilidade de receita, gerando maior rentabilidade. Elencamos alguns argumentos que comprovam que você pode estar perdendo dinheiro por não oferecer esta modalidade a seus clientes.

Pagamento recorrente aumenta a receita

O constante desenvolvimento e evolução de softwares motivou a criação de um “novo mundo” onde as pessoas e empresas deixaram de adquirir programas e passaram a assiná-los.

Diminuiu-se a barreira inicial de realizar um grande investimento para usar um sistema, pois seu custo foi diluído em mensalidades. E, em troca, os usuários terão melhor experiência por estarem sempre atualizados.

A Microsoft, uma das maiores empresas do mundo, passou a usar a fórmula da recorrência. Se antes a empresa vendia mídia física, agora ela oferece assinaturas que dão acesso ao software desenvolvido. E os resultados são impressionantes:

Crescimento de 14% das receitas no primeiro trimestre de 2019 (comparado ao mesmo período do ano anterior)

– Aumento que representa ganho de US$ 30,6 bilhões

Esses números são explicados pelo avanço do setor de serviços em nuvem da Microsoft, o Azure e o Office 365.

E a tendência é de crescimento ainda maior. Desde o segundo trimestre de 2017, as assinaturas do Office 365 ultrapassaram as vendas tradicionais. Isso comprova a efetividade do pagamento recorrente e mostra como ele ajuda no aumento das receitas.

Mas este novo mundo não está restrito apenas ao mercado de tecnologia. Empresas de todos os setores já identificaram oportunidades e se adequaram ao comportamento do consumidor. Hoje já é possível assinar até mesmo o uso de apartamentos inteiros ou casas.

Essa é uma forma de atender às novas necessidades dos clientes. E se deve a alguns fatores:

    1. Sucesso das plataformas de streaming
    2. Crescimento das empresas SaaS
    3. Aumento da oferta de serviços e produtos
    4. Consolidação do cartão de crédito como facilitador de negócios

Mas como nem todos são Microsoft, vamos a um exemplo mais próximo, que contou com participação da Olivas Digital.

A ONG WWF-Brasil, que utiliza o pagamento recorrente via plataforma criada pela Olivas Digital, teve aumento de 88,55% de doadores ativos/mensais em 2019. Isso representa aumento de 17% na receita da ONG se comparado a 2018. Os números mostram como o pagamento recorrente pode ser utilizado em diversos segmentos.

Pagamento Recorrente transforma os mercados

O modelo tradicional seguido por grandes marcas está perdendo espaço. Um dos maiores exemplos disso é a consolidação dos serviços de streaming frente ao mercado de audiovisual.

A Netflix alcançou a marca de 183 milhões de assinantes no primeiro trimestre de 2020, crescimento recorde impulsionado pela pandemia do novo coronavírus.

Segundo matéria do UOL, no Brasil, a Netflix faturava R$ 1,4 bilhão, em 2018, quase 50% a mais do que uma das maiores emissoras de televisão do país, o SBT.

Combinando fatores essenciais como praticidade de uso, facilidade no pagamento da assinatura e um gigantesco catálogo de conteúdo, a Netflix se tornou gigante no segmento provando que a assinatura é um modelo sustentável e convidativo aos clientes.

Outro exemplo do sucesso da economia de recorrência no mercado do streaming de conteúdo é o Spotify. O serviço de música desenvolvido pela empresa sueca chegou a 286 milhões de assinantes no primeiro trimestre de 2020. A receita registrada foi de US$ 2 bilhões.

E essa tendência vem sendo aplicada a diversos segmentos na forma de:

– Clubes de assinatura de livros

– Assinaturas de jornais e revistas digitais

– Clubes de bebidas

– Softwares de gestão empresarial

– Plataformas de vendas e Marketing Digital

Pagamento recorrente no Brasil

No Brasil, o modelo da recorrência tem sido implementado por muitas empresas e também utilizado desde o nascimento em outras.

Pesquisa do SaaSholic conta que mais de 60% das empresas SaaS no Brasil têm pelo menos R$ 1 milhão de receita recorrente anual e recuperam o CAC em menos de 6 meses. 41% delas estão sediadas em São Paulo, local que concentra praticamente a metade das startups com esse tipo de modelo de pagamento. A Vindi, plataforma de pagamento recorrente que oferece seu serviço via assinatura é uma delas.

Outra empresa que segue a linha dos pagamentos recorrentes e pode servir de inspiração é a Resultados Digitais. O software RD Station que faz a automação de processos de Marketing Digital e Vendas se tornou um sucesso. Já são mais de 15 mil clientes em 20 países.

Esses números garantiram à empresa aporte de R$ 200 milhões liderado pelo fundo de investimentos Riverwood Capital.

Como aderir ao modelo de pagamento recorrente

Para implementar a recorrência em seu negócio, você precisará traçar um planejamento e definir os processos de vendas. Mas para isso, deverá reavaliar os serviços e produtos que oferece hoje e, caso haja necessidade, adaptá-los para o modelo da recorrência.

Isso significa deixar de fazer ou diminuir suas vendas pontuais e focar nos contratos mensais, semestrais ou anuais. Também é importante ficar de olho nas métricas mais importantes da economia de recorrência para visualizar os rumos que o negócio está tomando.

Além disso, você precisará contar com ferramentas de gestão de assinatura e pagamentos. O OD Vendas pode te ajudar nisso. A plataforma foi desenvolvida para facilitar o ingresso das empresas no mundo do pagamento recorrente.

Prático, o OD Vendas permite criar páginas para vender produtos e serviços e personalizar com as opções de assinatura e pagamento que desejar. Com ele você não precisa se preocupar em desenvolver um novo site.

Você também pode acompanhar os status de pagamento dos assinantes e fazer as ações que quiser, tanto de forma automática quanto manual.

Por fim, a ferramenta gera relatórios para análise de tráfego e controle do estoque e é integrado à maior plataforma de Marketing Digital da América Latina, o RD Station. Com essa integração você poderá criar réguas de relacionamento avançadas para desenvolver ações de fidelização, o que te possibilita novas vendas futuras. Tudo isso com o melhor custo-benefício do mercado!

Se você já tem um negócio mas precisa desenvolver toda a estrutura para o pagamento recorrente, nós podemos te ajudar. Entre em contato e vamos bater um papo. Fique com uma pequena demonstração do OD Vendas!